Habitação

Solyd arranca construção dos novos empreendimentos na Alta de Lisboa

Ana Tavares |
Solyd arranca construção dos novos empreendimentos na Alta de Lisboa

Estes projetos foram lançados ao longo do segundo semestre do ano passado, e fazem todos parte do projeto Altear, o novo centro urbano que a promotora está a desenvolver na zona da Alta de Lisboa. Estão agora em construção a cargo da Mota-Engil.

O Altear será composto por um total de 10 edifícios distintos, numa área total de construção de mais de 120.000 m². Quando concluído, somará mais de 500 novos apartamentos à oferta habitacional da cidade.

O primeiro empreendimento foi apresentado em março de 2019, e será composto por 3 edifícios com vista para o lago e para o Parque Oeste. A construção da estrutura dos dois primeiros edifícios já está concluída, a cargo da UDRA, do grupo SANJOSE.

90% destes apartamentos (dois primeiros edifícios) já estão vendidos. A Solyd considera que «o sucesso da comercialização é transversal aos restantes empreendimentos lançados pela Solyd, sendo que o Life altear, lançado em setembro de 2020, possui cerca de 30% dos apartamentos colocados. O mesmo se sucede com o Vista Altear que, lançado apenas em novembro do ano anterior, possui já uma taxa de colocação de cerca de 80%». E conclui que «também em fase em comercialização, o Parque Altear, o último empreendimento lançado pela Solyd em dezembro de 2020, conta já com cerca de 35% dos apartamentos colocados».

A administração da Solyd considera que a atratividade do projeto resulta «da sua qualidade, centralidade e conceito inovador e sustentável, que é visível em cada apartamento. O Altear oferece às famílias aquilo que consideram ser fundamental nos dias de hoje para viver uma vida plena e tranquila, e é aqui que encontramos a nossa motivação para lançar novos empreendimentos, cada um com características distintivas e adaptadas às diferentes necessidades que vão surgindo, como, por exemplo, a fusão entre a vida pessoal e profissional».