Turismo

World of Wine abre ao público com assinatura da Broadway Malyan

Susana Correia |
World of Wine abre ao público com assinatura da Broadway Malyan

Localizado na encosta orientada sobre o rio Douro e com frente para a cidade do Porto, o World of Wine foi promovido pela Hilodi, empresa do grupo The Fladgate Partnership, e vem celebrar a histórica indústria do Vinho do Porto.

Cumprindo o calendário previsto, evento desta sexta-feira assinala a inauguração oficial mas também a conclusão de um projeto que foi desenvolvido durante seis anos e no qual foram investidos 105 milhões de euros, e que concretiza a visão do CEO da The Fladgate Partnership, Adrian Bridge, em criar uma atração de classe mundial nas históricas caves de Gaia, mas que, ao mesmo tempo, dessa resposta à estratégia do Plano Municipal para atrair turismo para esta zona.

«Esta parte da cidade foi perdendo importância ao longo dos anos, devido às suas ruas estreitas e de difícil acessibilidade. Mas ainda que muitas caves tenham ficado num estado irreparável, a verdade é que esta zona, e as suas caves, são uma fabulosa memória da indústria mais importante desta região”, comenta Margarida Caldeira, diretora da Broadway Malyan, que assina o projeto de arquitetura.

Pelos desafios associados à morfologia do terreno e à integração do património histórico, para a arquiteta, este projeto foi um dos mais complexos e desafiantes em que esteve envolvida. «Antes de podermos criar um conceito para o World of Wine, trabalhámos de perto com as autoridades locais para avaliar os edifícios existentes no local, alguns com mais de 200 anos, para compreendermos quais tinham potencial para ser recuperados, e onde é que poderíamos incluir novos corpos contemporâneos, de forma equilibrada», lembra.

A sustentabilidade, a preservação do património histórico e os valores sociais foram os principais motores para a arquitetura do novo projeto, que inclui a reabilitação sensível da estrutura original de vários armazéns. «Desde o início, o nosso objetivo foi preservar o máximo possível do património existente e, onde fosse adequado, reutilizar os materiais dos outros edifícios que já não apresentavam viabilidade estrutural», nota Margarida Caldeira.

Para a arquiteta, «a inovação estrutural no projeto foi também extraordinária, permitindo-nos tirar partido do desafio da inclinação natural do terreno, para integrar os diferentes elementos do projeto. Isto foi conseguido ao mesmo tempo que introduzimos elementos contemporâneos essenciais num projeto de classe mundial, como é o caso de parques de estacionamento – que inclui pontos de abastecimento para veículos elétricos –, das áreas de apoio e salas de máquinas, sem impactar na experiência do visitante».

Abrindo ao público na manhã de 1 de agosto, o World of Wine contempla cinco áreas diferentes - Wine Experience, Cork Experience, Porto Through the Ages, Fashion & Design Museum e a área de History of Drinking Vessels. Combinando a recuperação das caves e edifícios históricos com novas formas arquitetónicas, o coração do projeto é a nova praça pública rodeada por lojas, restaurantes e as diferentes áreas de experiência, com uma bancada num dos extremos que cria um anfiteatro que servirá de palco para eventos e performances de animação espaço público.

«Este é um projeto muito importante quer para Portugal quer para o Porto, pois celebra a herança da região, atrai novos visitantes e também cria centenas de postos de trabalho. Estamos muito orgulhosos por criar um projeto do qual milhões de pessoas irão usufruir no futuro», conclui a diretora da Broadway Malyan.