Negócios

LCN Capital Partners compra portfólio de supermercados por €150M

Ana Tavares |
LCN Capital Partners compra portfólio de supermercados por €150M

O portfólio português de supermercados denominado “Project Amália” está prestes a ser adquirido pelo fundo de private equity norte-americano LCN Capital Partners, por um valor de cerca de 150 milhões de euros, noticia hoje o Eco. O negócio deverá ser fechado ainda este mês com a alemã Trei, do Grupo Tengelmann.

Está em causa um conjunto de 50 supermercados, numa área total de 68.196 metros quadrados, entre os quais 44 lojas Pingo Doce, com uma média de 1.400 metros quadrados cada, que representam um valor de renda de 8,1 milhões de euros (97% do total). 11 destes supermercados situam-se na Área Metropolitana de Lisboa, 9 no Porto, 7 em Faro e 17 noutras localizações.

Inclui-se também um Continente de 1.200 metros quadrados em Setúbal, com uma renda anual de 81.000 euros, ou um Mini Preço em Braga, com 1.000 metros quadrados e renda anual de 68.000 euros, além de um terreno de 9.700 metros quadrados no Porto, uma loja de 1.300 metros quadrados em Aveiro e um outro ativo em Setúbal.

O objetivo da proprietária Trei era vender o portfólio através de um acordo de ações. Apresentada aos investidores como uma «oportunidade de adquirir o melhor portfólio de supermercados e com o melhor desempenho» do país, a operação arrancou já em abril do ano passado, e foi bastante competitiva, com vários fundos internacionais interessados no negócio. Segundo o teaser a que o jornal teve acesso, o prazo médio de arrendamento é de 16 anos.