Turismo

Revive Natureza abre concurso para mais 7 imóveis

Ana Tavares |
Revive Natureza abre concurso para mais 7 imóveis

A Turismo Fundos abriu os novos concursos esta quarta-feira para exploração destes imóveis públicos devolutos, afetos ao Fundo Revive Natureza, conforme anunciou em comunicado o Ministério da Economia e da Transição Digital.

Estão agora abertos os concursos para a Casa da Vela; a antiga sede da Guarda Fiscal na Figueira da Foz, ambas na Figueira da Foz (Coimbra); a antiga sede dos Serviços Florestais – Quinta do Seixal, em Gouveia (Guarda); duas moradias em Leiria; o antigo Posto Fiscal de Sagres; o antigo Posto Fiscal do Burgau, ambos em Vila do Bispo (Faro); e o antigo Posto Fiscal da Foz do Lima, em Viana do Castelo.

Estes imóveis podem agora ser reabilitados por privados e promover o desenvolvimento regional e local através de novas utilizações para fins turísticos. Os interessados têm agora até 16 de fevereiro para apresentar as suas candidaturas.

No mesmo comunicado, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, afirma que «a valorização do património edificado e natural tem que continuar a ser uma das nossas prioridades: por um lado responde às tendências da procura, por outro lado as atividades turísticas que daqui emergem criam riqueza e potenciam os atributos singulares de cada região, sem os comprometer», cita o Eco.

Relativamente ao primeiro conjunto de imóveis a concurso, o Governo adianta que recebeu 102 candidaturas, «encontram-se agora em fase de avaliação, de acordo com o definido nos respetivos programas de concurso, pelo que os respetivos adjudicatários serão anunciados brevemente».

Estão ainda abertos dois concursos, relativos aos antigos postos fiscais de Vilamoura e Cabanas (Faro). O prazo de apresentação de propostas termina a 30 de novembro.