PNRU

Júri do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana renova-se para uma nova edição

Fernanda Cerqueira |
Júri do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana renova-se para uma nova edição

Premiar o mérito e a excelência de algumas das melhores obras nacionais é o desafio do júri do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana, que a cada ano integra novos elementos trazendo diferentes abordagens e salvaguardando o carácter independente da iniciativa.

Em 2021, o júri do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana renova-se e conta este ano, pela primeira vez, com o contributo do professor Raimundo Mendes da Silva. Doutorado em Engenharia Civil, o professor Raimundo Mendes da Silva foi o Coordenador da equipa do projeto de investigação aplicada «Reabilitar como Regra» (RcR), do qual resultou a elaboração do novo regime aplicável à reabilitação de edifícios ou frações autónomas.

O distinto professor junta-se assim ao ilustre painel de jurados que conta com o economista e professor, João Duque; o arquiteto e Subdiretor-Geral da DGPC, João Carlos Santos; o arquiteto e antigo Presidente da Ordem dos Arquitectos (2014/2016), João Santa-Rita; e o engenheiro e Presidente da AICCOPN e CPCI, Manuel Reis Campos.

O júri do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana irá distinguir alguns dos melhores projetos de reabilitação em 10 categorias, designadamente: Cidade de Lisboa, Cidade do Porto, Impacto Social, Residencial, Turismo, Comércio & Serviços, Eficiência Energética, Reabilitação Estrutural, Restauro e Intervenção inferior a 1.000 m².

Candidaturas já estão abertas e prolongam-se até ao dia 8 de março

Na edição de 2021 podem concorrer todas as intervenções de reabilitação urbana concluídas entre 1 de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2020, desde que não tenham sido candidatas em edições anteriores do Prémio.

O Prémio Nacional de Reabilitação Urbana tem o Alto Patrocínio do Governo de Portugal, concedido através da Direção Geral do Património Cultural, entidade tutelada pelo Ministério da Cultura. Esta é uma iniciativa à qual a SECIL se associa de forma ampla e que reúne um vasto apoio do setor empresarial, institucional e da sociedade civil. Conta com os apoios da Schmitt+Sohn Elevadores, Savills e Victoria Seguros na categoria platina; da Sanitana e da Revigrés na categoria ouro.

Destacar a colaboração da Adene – Agência para a Energia responsável pela avaliação e atribuição do Prémio na categoria – Melhor Solução de Eficiência Energética.

Vai muito a tempo de colocar o seu trabalho e a sua obra em destaque no panorama nacional. As candidaturas arrancam com a pré-inscrição realizada online até à data limite de 8 de março.

Saiba mais em premio.vidaimobiliaria.com e não perca a oportunidade de participar.