PNRU

Castilho 203 é candidato ao Prémio Nacional de Reabilitação Urbana

Fernanda Cerqueira |
Castilho 203 é candidato ao Prémio Nacional de Reabilitação Urbana
Castilho 203 / Foto: Vanguard Properties

Na confluência da Rua Castilho com a Rua Padre António Vieira, nas Avenidas Novas, em Lisboa, encontramos o Castilho 203, que nasce da reabilitação e reconversão de um antigo edifício de escritórios num edifício de uso habitacional.

Esta é uma promoção da Vanguard Properties que confiou o projeto ao arquiteto José Mateus da ARX Arquitectos e a execução da obra à Mota Engil.

O Castilho 203 apresenta 14 pisos acima do solo que acolhem 19 apartamentos de tipologias T2 e T3 e uma Penthouse no 13º piso. Esta Penthouse, de características únicas, tem uma área de 287 m2 a que acresce um rooftop panorâmico no topo do edifício com cerca de 260 m2.

Os futuros residentes do Castilho 203 terão disponível uma piscina coberta no rés-do-chão, uma piscina ao ar livre no 8º piso, serviço de spa/ginásio no 1º andar, uma sala de cinema, uma ampla receção e serviços de concierge. Além destas comodidades, este projeto destaca-se também pelo traço contemporâneo e qualidade dos materiais, pelo aproveitamento da luz natural, pelas varandas, terraços e vistas panorâmicas.

Candidaturas decorrem até 8 de março

As candidaturas ao Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2021 decorrem até ao próximo dia 8 de março. Na edição de 2021 podem concorrer as intervenções de reabilitação urbana concluídas entre 1 de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2020, desde que não tenham sido candidatas em edições anteriores do Prémio.

Serão distinguidas as melhores intervenções em 10 categorias, designadamente: Cidade de Lisboa, Cidade do Porto, Impacto Social, Residencial, Turismo, Comércio & Serviços, Eficiência Energética, Reabilitação Estrutural, Restauro e Intervenção inferior a 1.000 m²

Saiba mais em premio.vidaimobiliaria.com e não perca a oportunidade de participar. Pode fazer a sua inscrição online AQUI.