Habitação

Preços das casas devem estabilizar em 2022 na Europa

Ana Tavares |
Preços das casas devem estabilizar em 2022 na Europa

Os preços das casas na Europa deverão estabilizar ainda este ano, prevê a agência de notação financeira DBRS no relatório divulgado esta semana.

No “European Structured Finance Outlook 2022” pode ler-se que «a DBRS Morningstar espera que 2022 seja neutro para os preços das casas europeias e modestamente positivo para o desempenho das hipotecas», citam a Lusa e o idealista/news.

Nos últimos dois anos, durante a crise da pandemia, os preços das casas nos principais mercados continuaram a subir, e deverão manter-se «estáveis» este ano.

A título de exemplo, esta subida dos preços foi de 6,8% na zona euro e de 7,3% na União Europeia no segundo trimestre de 2021, face a igual trimestre de 2020. O aumento foi ainda maior em países como no Reino Unido, Alemanha ou Países Baixos (10,5% a 13%). Espanha, Irlanda, França e Portugal mantêm subidas entre os 3,3% e os 6,6%.

A DBRS identifica como principal risco para o mercado o potencial aumento das taxas de juro, que pode ter impacto no aumento das hipotecas e na capacidade de financiamento.