Arrendamento Acessível

Gaia vai disponibilizar 25 das 94 casas com renda acessível

Felipe Ribeiro |
Gaia vai disponibilizar 25 das 94 casas com renda acessível

No âmbito do Programa 1.º Direito, a Câmara de Vila Nova de Gaia vai ter já 25 das 94 habitações com renda acessível disponíveis «nas próximas semanas» para as famílias mais carenciadas, revelou Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, citado pelo Observador. O investimento total previsto é de 143 milhões de euros, sendo que o projeto é 100% financiado pelo IHRU, através do PRR, numa primeira fase.

Numa cerimónia presidida pelo ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, o presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia referiu que, citado pelo Observador, «vamos tentar combinar três dimensões. A dimensão número um é: aquelas que podemos construir em terrenos próprios, vamos construir. Em segundo lugar vamos lançar apelo ao mercado. E, em terceiro lugar, reabilitando o que já existe», acrescentando que tem um «trabalho e diplomacia a fazer», ou seja, o de «sensibilizar o mercado, os fundos, os bancos, que têm muitas vezes casas devolutas e podem ser abertas ao mercado numa lógica de responsabilidade social».

Por volta de 2.000 famílias estão inscritas no programa 1.º Direito, que presta apoio público no acesso a uma habitação adequada a pessoas em situação precária e de insalubridade.