Novo edifício da Miniclip no Taguspark vai custar 11 milhões

Susana Correia |
Novo edifício da Miniclip no Taguspark vai custar 11 milhões

Projetado pela Openbook e com construção a cargo da dst, o projeto foi apresentado esta quarta-feira pelo Taguspark e pela Miniclip, especializada em jogos online. Implantado no lote 33 do Taguspark, perto da Praça Mandela e tendo como vizinha sede da PHC, o edifício contará com uma área útil de 4.000 m² de escritórios e capacidade para 350 pessoas.

Para o CEO do Taguspark, Eduardo Baptista Correia, este é «um projeto muito importante no desenvolvimento do Taguspark e na transformação que o seu edificado tem assistido nos anos mais recentes, com o objetivo de tornar o maior parque de ciência e tecnologia numa infraestrutura do século XXI, com condições de trabalho excecionais a todos os níveis».

Com as obras já a decorrer, num investimento global de 11 milhões de euros, o futuro edifício «transmite uma sensação de leveza, criada uma ilusão virtual do edifício a pairar no ar, ao mesmo tempo que as grelhas que o percorrem e envolvem incutem uma velocidade e dinâmica inspiradoras», lê-se no comunicado enviado à redação.

Com 277 funcionários, a multinacional de jogos online já se encontra instalada no parque de Oeiras desde 2010, num outro edifício. «Estamos realmente ansiosos por entrar na nossa nova casa, que nos vai permitir criar ainda mais jogos fabulosos para todo o mundo», comenta Jurgen Post, CEO da Miniclip.