Taxa de ocupação cresce 1,8% em fevereiro

Ana Tavares |
Taxa de ocupação cresce 1,8% em fevereiro

 

Cristina Siza Vieira, presidente executiva da Associação da Hotelaria de Portugal, comenta que «este mês houve um abrandamento em alguns destinos que vinham a crescer de forma expressiva há vários meses, como é o caso de Leiria/Fátima/Templários no ARR e RevPAR; da Costa Azul na Taxa de Ocupação, ARR e RevPAR; e do Grande Porto na Taxa de Ocupação». Segundo este barómetro, os destinos turísticos do Grande Porto e Costa Azul apresentaram variações negativas na Taxa de Ocupação de 3,2% e 0,6%, respetivamente.

Também em fevereiro, o preço médio por quarto ocupado (ARR) fixou-se nos 70 euros a nível nacional, evidenciando um crescimento de 8% face ao período homólogo do ano passado. Lisboa registou a melhor performance do país, com 88 euros, seguida do Grande Porto e das Beiras, com 68 euros.

O RevPar fixou-se nos 40 euros a nível nacional, um crescimento de 12% face a igual mês do ano passado, com destaque para os aumentos de 35% no Oeste, 25% nas Beiras e 23% em Coimbra.

Cristina Siza Vieira assinala ainda «a quebra na Taxa de Ocupação das 5 estrelas no principais destinos turísticos, por isso com impacto a nível nacional, mas sem sacrifício do ARR».