Operação de Entrecampos vai custar €800M

Ana Tavares |
Operação de Entrecampos vai custar €800M

 

Deste montante, a autarquia deverá investir diretamente cerca de 100 milhões de euros, caso a proposta vá avante. O projeto a desenvolver em 25 hectares de terrenos prevê a construção de habitação, cerca de 700 fogos de renda acessível, comércio, escritórios, espaços verdes e equipamentos sociais.

O lote da antiga Feira Popular é a maior parcela do projeto. Depois de duas hastas públicas sem interessados, a Câmara decidiu vender o terreno em três partes. Aqui, segundo o presidente Fernando Medina, será criado «um centro de escritórios de alta qualidade», cita o Público.

Serão lançadas hastas públicas para cada uma das três parcelas, e os compradores terão um plano definido a cumprir, que especifica os sítios exatos e a volumetria dos futuros edifícios, além da estrutura do espaço público, a ocupar 60% do total deste terreno.

Além dos escritórios, a antiga Feira Popular deverá dar lugar a 279 fogos de habitação (a preços de mercado).