Hostmaker entra em Portugal para “melhorar a gestão do AL”

Ana Tavares |
Hostmaker entra em Portugal para “melhorar a gestão do AL”

 

A empresa de serviço completo de gestão de alojamento local criada com capital de risco entra no nosso país depois de uma ronda de investimento de 15 milhões de dólares, e inaugurou em Lisboa um escritório com uma equipa de 15 pessoas que pretende quadruplicar até ao final do ano.

Fundada em 2014 no Reino Unido, a Hostmaker está já presente em Barcelona, Roma, Paris, Florença, Cannes, Madrid e agora Lisboa (região onde já tem cerca de 100 contratos). Faturando mais de 12 milhoes de euros, gerindo 1.600 propriedades, oferece serviços de limpeza, check in, manutenção dos alojamentos, serviços de consultoria, design de interiores, define estratégia de pricing e faz ainda o «fit ideal» entre a casa e os hóspedes.

Para a diretora da Hostmaker em Portugal, Inês Nobre, o principal objetivo passa por «ajudar as pessoas a conseguirem uma melhor gestão da sua propriedade sem terem preocupações. Algumas vezes os proprietários acham que o ideal é ter uma taxa de ocupação de 100%, quando na realidade podem ter uma maior rentabilidade com uma taxa menor. Por outro lado, achamos necessário haver um match entre a casa e os hóspedes, de forma a minimizar qualquer incidente e promover boas relações de vizinhança», explica.