Escritórios crescem 15% em abril

Ana Tavares |
Escritórios crescem 15% em abril

 

Segundo o Office Flashpoint da JLL, neste mês, o aumento foi ainda de 115% face a abril de 2017, um bom desempenho que elevou para 61.360 m² a área total absorvida no acumulado do ano.

«Depois de um início de ano mais tímido, em março a atividade ocupacional destacou-se e abril veio, não só confirmar, como acentuar essa tendência de crescimento», começa por explicar Mariana Rosa, diretora do departamento de Office Agency da JLL, que antecipa «um 2º trimestre muito positivo para o mercado, pois a procura existe e está cá, embora a limitação da oferta deva continuar a travar uma subida mais acentuada dos níveis de absorção».

54% da área tomada em abril disse respeito a absorção líquida, uma evolução positiva face aos meses anteriores. O valor é de 55% tendo em conta o acumulado do ano.

A JLL destaca também o grande número de transações concretizadas em abril, um total de 24, algumas elas de grande dimensão, que fizeram com que a área média por operação se tenha fixado nos 876 m², acima da média de 829 m² registada no acumulado do ano.

A maior operação fechou-se na zona do Parque das Nações, onde a Teleperformance arrendou 8.000 m² no Edifício Infante D. Henrique 342.