BdP atento à evolução dos preços do imobiliário

Ana Tavares |
BdP atento à evolução dos preços do imobiliário

 

O responsável falava na comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, esta semana, e mostrou preocupação com o tema dado os efeitos que este setor pode ter na economia do país a nível da estabilidade financeira e macroeconómica, afirmando que «partilha as preocupações em relação ao imobiliário», cita o Negócios.

Carlos Costa distingue dois fenómenos num eventual pico imobiliário. Por um lado, «o induzido pelo ciclo de crédito, esse está sob controlo» – referindo a política macroprudencial em que houve recomendações aos bancos com limites, como nas taxas de esforço das prestações face aos rendimentos das famílias; e, por outro, o «pico imobiliário sem haver ciclo de crédito». E é precisamente este pico que pode causar preocupações.

O BdP considera que o tema deve merecer um contacto mais próximo com o Executivo, «é por isso que um órgão como o Conselho Superior de Estabilidade Financeira, qualquer que seja o nome que tenha, justifica-se pelo diálogo entre quem assegura a estabilidade financeira e quem faz a política que tem relevância setorial».