Worx: Renovação dos centros comerciais “promete atrair visitas”

Ana Tavares |
Worx: Renovação dos centros comerciais “promete atrair visitas”

 

Os food courts serão as áreas mais dinamizadas e renovadas. Esta continuará a ser uma preocupação do retalho este ano. A consultora acredita que «o desafio do segmento de retalho passará, em grande parte, por satisfazer as necessidades dos consumidores portugueses tradicionalmente ávidos de shopping centers que procuram a inovação no modo de fazer compras, recorrendo, por exemplo, ao uso de plataformas online que oferecem mais conveniência e rapidez na entrega», exemplifica.

O setor do retalho foi o mais dinâmico a nível de investimento em imobiliário comercial no ano passado, responsável por um volume investido de 1.400 milhões de euros, que comparam com os 742 milhões de euros do ano anterior, «em grande parte devido aos elevados montantes conseguidos com as transações dos centros comerciais e retail parks», refere a Worx no seu WMarket. Este ano, deverão ser os escritórios a dominar o volume investido, pois «dificilmente se conseguirão criar novos portefólios com a mesma dimensão».