Vendas

Vendas do retalho sobem 2,6% em setembro

Ana Tavares |
Vendas do retalho sobem 2,6% em setembro

O volume de vendas do setor do retalho subiu 2,6% em setembro, face a setembro de 2020, um ligeiro abrandamento face à subida homóloga de 3,2% registada em agosto.

De acordo com os números da Eurostat, as vendas subiram 3,2% em termos homólogos na UE, e 2,5% na Zona Euro.

Na Zona Euro, o volume de vendas cresceu cerca de 4,4% no caso dos combustíveis, e 3,7% nos produtos não alimentares. Alimentação, bebidas e tabaco subiu 0,5%. Destaque para a subida de 8,8% do comércio online.

Já na UE, o volume de vendas subiu 4,8% no caso dos produtos não alimentares, 9,9% no comércio online e 4,8% nos combustíveis, face a setembro de 2020.

Os maiores crescimentos aconteceram na Eslovénia (+17,1%), Estónia (+16,8%) e Malta (+15,0%). Foram observadas descidas na Alemanha (-1,1%), Áustria (-0,3%) e Espanha (-0,1%).

Na variação mensal, as vendas desceram -0,2% na UE e -0,3% na Zona Euro. O volume do comércio desceu -1,5% nos produtos não alimentares e subiu 0,7% na alimentação, bebidas e tabaco. O comércio retalhista de combustíveis subiu 1,1%.

Em Portugal, o volume de vendas do retalho subiu 1,4% em setembro, face ao mês anterior, acelerando face à variação de 0,6% de agosto.

As maiores descidas registaram-se na Alemanha (-2,5%), Finlândia (-1,9%) e Holanda (-1,2%). As subidas mais acentuadas foram registadas na Estónia (7,1%), Eslováquia (+2.9%) e Luxemburgo (+2.3%).