MAPIC

MAPIC 2022 lança Retail Village

Felipe Ribeiro |
MAPIC 2022 lança Retail Village

A MAPIC lançou um novo conceito – o Retail Village, um espaço que terá um lugar de destaque dentro do evento – que fará a sua estreia na próxima edição, a ser realizada de 29 de Novembro a 1 de Dezembro, no Palais des Festivals em Cannes. Este espaço tem como objetivo atrair as marcas mais inovadoras do setor do retalho, bem como de mostrar ao mundo as mais recentes, moderna e dinâmicas iniciativas do setor.

A MAPIC, juntamente com os seus parceiros, selecionou uma panóplia de conceitos de retalho que partilham valores comuns de sustentabilidade, inclusividade, diversidade e raízes locais.

O Diretor do evento, Francesco Pupillo, frisa que «historicamente, a MAPIC reúne retalhistas e agentes imobiliários que procuram promover ou negociar compras e arrendamentos, independentemente do canal utilizado, mas com uma abordagem centrada no cliente. O Retail Village acolherá uma selecção de marcas inovadoras escolhidas pela originalidade das suas ideias e conceitos».

Novos consumidores, como é o caso das novas gerações (Millennials e Geração Z), tomam decisões concretas e específicas em termos dos seus hábitos de consumo. É crucial que agentes imobiliários incorporem pequenas marcas especializadas no seu mix comercial, sobretudo marcas que são vistas pelo consumidor como "mais autênticas" e com "mais valores éticos".

Para Fay Cannings, fundador da Seekd, um dos expositores da MAPIC's Retail Village, «com a mudança dos tempos, as escolhas sustentáveis dos consumidores são mais pertinentes para criar destinos desejáveis, a Seekd oferece uma gama de designers e marcas estilosas e excitantes, amigas do planeta, para comprar tudo sob o mesmo teto. O Retail Village na MAPIC é a plataforma perfeita para nós, alimentando o nosso crescimento para encontrar parceiros e investidores que partilham a nossa missão: queremos ser vistos nos melhores locais, tanto no Reino Unido, como na Europa e a nível internacional. As pequenas marcas de hoje podem tornar-se os nomes do futuro».