DV Miraflores e Central Park já têm comprador

Ana Tavares |
DV Miraflores e Central Park já têm comprador

Estes dois centros Dolce Vita juntam-se ao Dolce Vita de Ovar, somando os três últimos centros Dolce Vita falidos. No total, deverão somar um valor de venda de 17,3 milhões de euros.

De acordo com fontes oficiais do gabinete do gestor judicial e da Clearwater, que intermediou a operação, citadas pelo Negócios e pelo Idealista, o Dolce Vita Miraflores foi comprado por 6,8 milhões de euros, e o Central Park por 2,68 milhões de euros.

Já o Dolce Vita Ovar recebeu uma única proposta de compra de 7,8 milhões de euros da White Sand Capital, ligada ao grupo do bilionário Nathan Kirsh. Neste caso, a comissão de credores da Sportsforum, detentora do ativo, vai ter de se pronunciar sobre a operação porque o valor oferecido ficou abaixo do valor base estipulado.

A insolvência dos três centros foi pedida pelo banco espanhol Abanca no início de 2018. É o principal credor hipotecário, com créditos de 50 milhões de euros.