Dolce Vita Ovar novamente no mercado

Ana Tavares |
Dolce Vita Ovar novamente no mercado

O ativo está de volta ao mercado por esse mesmo valor. Terminado o prazo para apresentação de propostas de aquisição a 20 de setembro, apenas a White Sand tinha apresentado uma proposta de compra, cerca de 500.000 euros abaixo do preço fixado de 8,3 milhões de euros.

De acordo com o Negócios, não são conhecidas as razões para a desistência do negócio, mas uma fonte ligada ao processo contactada pelo jornal diz que o grupo «provavelmente, como não conseguiu comprar os outros dois Dolce Vita, pelos quais tinha feito ofertas, optou por desistir do de Ovar», cita o Idealista.

De recordar que este ano estiveram à venda os Dolce Vita Miraflores e o Central Park, em Oeiras, sendo que o primeiro foi comprado pelo fundo Garrison Capital Management & Properties por 6,8 milhões de euros e o Central Park pelo Fundimo, da CGD, por 2,6 milhões de euros.