Revive aceita propostas para o Castelo de Vila Nova de Cerveira

Ana Tavares |
Revive aceita propostas para o Castelo de Vila Nova de Cerveira

 

O concurso foi lançado este mês, tratando-se do 15º concurso lançado no âmbito do programa de requalificação de património público para fins turísticos. O castelo é propriedade da Direção Geral do Tesouro e Finanças, e poderá ser alvo de um investimento de cerca de 3 milhões de euros, segundo avançou o ministro da Economia, Siza Vieira, citado pelo Negócios.

Aqui poderá surgir um projeto «para fins turísticos, como estabelecimento hoteleiro, estabelecimento de alojamento local, na modalidade de estabelecimento de hospedagem, ou outro projeto de vocação turística», pode ler-se na página do concurso. O prazo de concessão é de 50 anos

Paralelamente, estão também abertos os concursos para a Casa de Marrocos (Idanha-a-Velha), Mosteiro de Santo António dos Capuchos (Leiria), Mosteiro de Arouca, Convento de São Francisco (Portalegre), Quartel do Carmo (Horta, nos Açores), o Convento do Carmo (Moura) e o da Quinta do Paço de Valverde (Évora).