Construção

Reabilitação urbana quebra no arranque do ano

Ana Tavares |
Reabilitação urbana quebra no arranque do ano

Este inquérito mensal feito aos empresários do setor mostra que esta é a segunda variação negativa registada após um crescimento ininterrupto desde setembro de 2017.

Em janeiro, o índice Carteira de Encomendas registou uma subida de 2,5% face ao verificado em janeiro de 2019, «o que permite perspetivar nos próximos meses um retorno a uma trajetória positiva do índice nível de atividade», pode ler-se no relatório.

Já a produção contratada nesse mês (tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção) foi de 8,2 meses, menos que os 9,5 meses estimados em janeiro de 2019 e uma estabilização face ao mês anterior.