Lisboa

Reabilitação de edifício do Hub do Beato sem interessados

Ana Tavares |
Reabilitação de edifício do Hub do Beato sem interessados

Segundo noticia o Público, as três empresas inicialmente interessadas nesta empreitada acabaram por não apresentar qualquer proposta, considerando muito baixo o preço-base de 1,1 milhão de euros. O jornal cita que «as três e únicas empresas interessadas, na sequência dos estudos efetuados, apresentaram declarações justificativas de não apresentação de propostas por impossibilidade de enquadramento no preço-base do concurso». A anulação do concurso foi então aprovada por unanimidade pela autarquia.

Neste edifício deverá ser instalado o CoRepair – Espaço de Partilha de Experiências e de Promoção dos Princípios da Economia Circular, um espaço dedicado à reparação de equipamentos e ao design de móveis usados.

A cumprir os prazos iniciais, o Hub Criativo do Beato deveria estar a funcionar há cerca de ano e meio. Está agora previsto que os primeiros ocupantes se instalem no segundo semestre deste ano.

Neste momento, decorrem as obras da antiga Fábrica de Massas e Bolachas, onde se vai instalar a Factory. Ainda este mês arrancam as obras da antiga central elétrica, a ocupar pelo Super Bock Group e dos edifícios onde funcionarão os restaurantes da empresa Praça.

Está também em construção a nova rede de infraestruturas e o prolongamento da rua da Manutenção até à avenida Infante D. Henrique, a cargo da CML.