Construção

Novo hotel de Santa Apolónia abre em 2021

Ana Tavares |
Novo hotel de Santa Apolónia abre em 2021

Parte da estação ferroviária será reabilitada e transformada num hotel de 125 quartos com 4 estrelas, pela mão da Capital The House Ribeira, empresa do grupo Sonae, que venceu o concurso de subconcessão lançado pela Infraestruturas de Portugal por um período de 5 anos. O projeto é assinado pelo gabinete de Miguel Saraiva.

A IP avançou ao Público que a área de implantação do hotel «compreende a ocupação de espaços não essenciais à prestação do serviço ferroviário. Tanto as obras que estão a decorrer como o posterior funcionamento da unidade hoteleira não colidem nem condicionam a exploração e o transporte ferroviário em Santa Apolónia», garante.

Também a fachada do edifício não vai sofrer quaisquer alterações, já que «esta concessão tem como principais objetivos a requalificação de parte do edifício que, face à concentração de alguns serviços da IP noutras instalações, se encontra vago atualmente e desaproveitado e a rentabilização de um espaço situado numa zona nobre da cidade de Lisboa com enorme potencial turístico e frente ao Terminal de Cruzeiros», diz também a IP, citada pelo Idealista.

A notícia de que a Sonae Capital aqui ia instalar um hotel foi conhecida em janeiro de 2019. Na altura, a empresa avançava que este investimento se enquadrava «na estratégia de aumento do número de unidades em exploração do negócio de hotelaria da Sonae Capital, permitindo desenvolver efeitos de rede na operação. Ao mesmo tempo, permitirá à Sonae Capital iniciar a sua presença na cidade de Lisboa, o maior destino turístico de Portugal, através de uma operação localizada numa zona central e de elevado potencial».

«A nova unidade permitirá explorar sinergias entre as várias unidades e destinos, respondendo de forma ainda mais eficaz aos seus clientes que pretendam explorar as duas principais cidades do país e beneficiar de um destino de praia e congressos único como é o caso de Tróia», referia a empresa.