Eficiência Energética

Melhoria da eficiência energética dos edifícios vai custar €300M ao ano

Ana Tavares |
Melhoria da eficiência energética dos edifícios vai custar €300M ao ano

Até 2050 deverão ser investidos, todos os anos, mais de 300 milhões de euros na melhoria da eficiência energética e do conforto do parque edificado português. A meta do Governo é ter 69% deste parque renovado até 2030, num total de cerca de 363 milhões de metros quadrados, reduzindo a pobreza energética do país, que atinge atualmente cerca de 2 milhões de pessoas, em linha com as metas europeias de sustentabilidade.

Os números foram avançados por João Galamba, secretário de Estado da Energia, ao Negócios, segundo o qual se incluem neste número edifícios residenciais, não residenciais, públicos e privados. «Estamos a falar de vários milhares de milhões de euros durante a década de 20-30 que se esperam em investimento», garante o Governante.

A Estratégia de Longo Prazo para Renovação dos Edifícios, a cumprir até 2050, prevê investimento europeu, mas não só. João Galamba considera que «não faz qualquer sentido que a única fonte de financiamento sejam os fundos europeus. Têm de ser mobilizadas linhas de financiamento e haver uma articulação forte entre o Banco de Fomento e a banca de retalho», cita o Expresso.