Lisboa aprova primeiros concursos para reconversão de edifícios da Segurança Social

Ana Tavares |
Lisboa aprova primeiros concursos para reconversão de edifícios da Segurança Social

 

O nº 122 da Avenida da República terá 21 fogos, e um preço base de 2,196 milhões de euros. O nº 6 do Campo Grande terá 26 fogos, 16 deles T2, num preço base do concurso de empreitada de 2,758 milhões de euros.

O programa PRESS resulta de um acordo entre a SS e a CML, segundo a Lusa e o Idealista. Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, acredita que este acordo permite à autarquia recuperar e arrendar esses edifícios em «modo e tempo vantajoso para a CML» e compatível com a gestão financeira do município.