Grupo DST reabilita 2 edifícios na Baixa pombalina

Ana Tavares |
Grupo DST reabilita 2 edifícios na Baixa pombalina

A obra deverá ser concluída até ao final do 1º semestre, reforçando a oferta residencial desta zona da cidade com 29 apartamentos e uma loja, com assinatura de Samuel Torres de Carvalho. Representa um valor de negócio de 2,5 milhões de euros para o grupo.

Em comunicado de imprensa, a DST explica que um dos edifícios tem 7 pisos e o outro 4, numa área bruta de construção total superior a 3.500m². A intervenção prevê a manutenção das estruturas existentes e reforços em vigamentos de madeira e metálicos, bem como a substituição integral das coberturas e a reformulação da cave existente, onde foram encontrados vários vestígios arqueológicos.

José Teixeira, presidente do Conselho de Administração do Grupo DST, comenta que a obra «terá um impacto notável em plena Baixa pombalina, permitindo captar para o centro da cidade o uso residencial, assim como dinamizar a economia local».