DGTF organiza leilão de imóveis na Semana da Reabilitação

Ana Tavares |
DGTF organiza leilão de imóveis na Semana da Reabilitação

A ação decorre neste dia no Cineteatro Capitólio, e abrange um lote de 13 prédios detidos pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central, em Lisboa, com um valor base de licitação agregado de 7,6 milhões de euros, sendo que o retorno desta iniciativa será integralmente aplicado em investimentos de substituição de equipamentos médicos.

Este conjunto de imóveis foi construído na 1ª metade do século XX, e os ativos situam-se nas freguesias da Misericórdia, São Vicente e Santa Maria Maior. As áreas brutas vão dos 99m² aos 1.612m², com valores de licitação dos 115.000 aos 2,1 milhões de euros.

De recordar que, no ano passado, a DGTF promoveu uma hasta pública de imóveis do Estado durante a Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa, que valeu um encaixe de cerca de 23 milhões de euros, que incluem a alienação do antigo Hospital da Marinha, por 17 milhões de euros.

A Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa decorre de 27 de março a 2 de abril no Cineteatro Capitólio, coorganizada pela Vida Imobiliária e pela Promevi. O evento conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e da EGEAC. No setor empresarial, estão já confirmados os apoios platina da Schmitt+Sohn Elevadores, Barbot, Secil, Ecociaf, PLMJ e Saint-Gobain; e os apoios ouro da iniciativa RU-IS, da Sanitana, Grupo Sanjose, OLI, Reynaers, Hilti, A400, Avenue e Luz e Som. Nos patrocínios institucionais alinham a DGTF, o IMPIC, o IHRU, o LNEC, a CPCI, a ALP, a OA, a OE e a OET; e nos apoios a APRUPP e o Centro Habitat.O Idealista é o portal oficial.