Reabilitação

Atividade da reabilitação urbana desceu 14,6%

Ana Tavares |
Atividade da reabilitação urbana desceu 14,6%

O Barómetro da Reabilitação Urbana divulgado pela AICCOPN, feito com base num inquérito feito aos empresários que atuam no mercado da reabilitação urbana, confirma a tendência decrescente registada nos últimos meses nos principais indicadores qualitativos de atividade. Segundo a AICCOPN, a imposição de restrições resultantes da situação pandémica afetou as empresas e as condições operacionais das intervenções.

Em novembro, o índice que mede a evolução do nível de atividade da reabilitação urbana registou uma contração homóloga de 14,6%, menos 2,2% que no mês anterior.

O índice referente à carteira de encomendas registou uma descida de 13,6%, menos 1,9% que no mês anterior.

Por outro lado, o número de meses de produção contratada registou uma recuperação face aos meses anteriores, fixando-se nos 8,8 meses.