Atividade da reabilitação urbana cresce 5,8%

Ana Tavares |
Atividade da reabilitação urbana cresce 5,8%

De acordo com o Barómetro da Reabilitação Urbana da AICCOPN, manteve-se assim em junho a tendência de abrandamento da atividade observada desde o início deste ano.

No mesmo mês, o índice da carteira de encomendas, baseado na opinião dos empresários no que concerne a evolução das obras em carteira, registou uma variação negativa, depois de 5 meses positivos, numa redução de 2,4% face a junho de 2018.

Por outro lado, a produção contratada em meses fixou-se nos 7,7 meses, mais 2,2% face aos 7,6 meses estimados em junho do ano passado.