Escritórios

Worten ocupa 6.000 m2 de escritórios no WTC Lisboa

Ana Tavares |
Worten ocupa 6.000 m2 de escritórios no WTC Lisboa

A Worten é a primeira empresa a confirmar mudança para os escritórios do World Trade Center Lisboa, em Oeiras, onde vai ocupar um total de 6.000 metros quadrados.

O novo empreendimento de escritórios da FVC está a cinco meses da data prevista para conclusão. Vasco Fonseca, COO do FVC Group, afirma em comunicado: «sentimo-nos orgulhosos por ter a Worten no WTC. Isso confirma o nosso propósito de mostrar que as grandes empresas estão empenhadas em encontrar um espaço que não só promove a inovação tecnológica, o networking empresarial, workplace do futuro e as boas práticas de mobilidade e de sustentabilidade, mas que é também orientado para as pessoas e para o seu bem-estar».

Remata que «o contributo destas empresas é fundamental para nos posicionarmos como um dos principais parques empresariais de Portugal, reconhecidos pela capacidade de atração e retenção de grandes organizações e talentos nacionais e internacionais».

Por seu lado, Paulo Simões, CFO da Worten, salienta que «os modelos de trabalho das organizações estão a mudar de forma bastante acelerada e significativa, dando lugar a modelos mais flexíveis e direcionados para um maior equilíbrio entre as vertentes profissional e pessoal, numa aposta clara no wellbeing dos colaboradores e na sustentabilidade».

Explica que «cientes de que o local e o modelo de trabalho são, cada vez mais, variáveis importantes de atração e retenção de talento dentro das empresas, queremos, com a mudança para estes novos escritórios, proporcionar toda uma “employee experience” inspiradora, que permita manter as pessoas motivadas, a trabalhar em equipa, com entusiasmo e utilizando as mais avançadas tecnologias, num ambiente agradável, colaborativo, saudável e sustentável».

Neste negócio, a Worx representou o proprietário, e a JLL acompanhou a Worten.

Bernardo Zammit e Vasconcelos, Head of Agency da Worx Real Estate Consultants, comenta que «o WTC Lisboa reúne todas as características para se tornar num empreendimento ícone do nosso mercado. A sua imagem institucional e condições de trabalho de última geração vieram claramente elevar o standard de qualidade dos edifícios de escritórios em Lisboa, conseguindo assim captar as mais importantes marcas, tais como a Worten».

Mariana Rosa, Head of Leasing Markets Advisory da JLL, destaca que «este projeto é o culminar de um longo caminho da Worten na procura dos escritórios ideais, onde o principal objetivo foi a criação de uma nova sede moderna e funcional, focada na retenção e atração de novos talentos. Esta é uma das maiores transações de escritórios do ano, confirmando a reativação do mercado e apresentando-se como uma referência nas tendências que vão marcar o futuro da ocupação. O facto de este edifício vir a ter as certificações Leed Gold e Well Gold foi um fator especialmente valorizado pela Worten nesta decisão».