Promoção Imobiliária

Vanguard Properties vende 50% das unidades da Torre Infinity

Ana Tavares |
Vanguard Properties vende 50% das unidades da Torre Infinity

A Vanguard Properties já comercializou cerca de 50% dos 196 apartamentos do seu projeto de habitação Torre Infinity, que está a desenvolver em Sete Rios, em Lisboa, num investimento de 90 milhões de euros.

O projeto começou a ser construído em dezembro de 2019 e deverá estar concluído no verão do próximo ano. Terá 26 pisos acima do solo e 196 apartamentos T0 a T6 Duplex, com 329 lugares de estacionamento.

A Infinity é assinada pelo atelier Saraiva + Associados, e apresenta uma implantação concêntrica, composta por três "alas" ligadas a um núcleo central, sendo que cada uma terá uma designação e organização tipológica própria: River, Nature e City. Alguns apartamentos em duplex terão terraços ajardinados com duplo pé-direito. O design de interiores das áreas comuns do projeto esteve a cargo da prestigiada Casa do Passadiço.

Entre as principais amenities do condomínio estão uma piscina exterior no 24º piso, piscina interior para adultos e outra para crianças, salas de eventos, ginásio, kids club, spa, salas de reuniões e áreas ajardinadas com campo de padel.

A partir de 1 de fevereiro, será lançada a próxima fase de comercialização do empreendimento, com preços entre os 285.000 euros para um T0 e os 4,68 milhões no caso de um T6 Duplex.

José Cardoso Botelho, Managing Director da Vanguard Properties, comenta que «a Infinity tem-se revelado um sucesso apesar do contexto de pandemia que atravessamos. Atribuímos este sucesso aos argumentos excecionais do projeto que será um marco na paisagem de Lisboa devido à dimensão, localização e linhas arquitetónicas».

O responsável acredita que «a Torre vai oferecer uma qualidade e um conjunto de serviços únicos e de excelência aos seus residentes. A maioria dos pisos terá uma vista impressionante sobre o Aqueduto, o Monsanto e o Tejo. A Infinity será um dos edifícios mais altos e mais singulares do país. Trata-se de facto de um projeto único e nunca visto em Portugal que vai marcar a diferença».