Pessoas

Tétris reestrutura direção em Portugal (atual.)

Ana Tavares |
Tétris reestrutura direção em Portugal (atual.)
João Marques, Tétris

A Tétris, empresa de arquitetura e construção do grupo JLL, anunciou esta semana a reestruturação da sua cúpula diretiva em Portugal, na sequência do novo cargo internacional assumido por João Marques, que deixa as funções de diretor-geral para o mercado português para liderar o Southern Cluster (Portugal, Espanha e Itália) da Tétris.

João Marques ingressou na Tétris em 2014, seis anos depois da entrada da marca no mercado português, no âmbito da aquisição da Novo Interior, a empresa especializada em fit-out que fundou e da qual esteve responsável nos 15 anos anteriores. Com um forte track record nos setores de retalho de luxo e escritórios e presente em 16 países da Europa, África e América do Sul, a absorção do negócio da Novo Interior resultou num crescimento exponencial e imediato da atividade da Tétris. É formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, e assume-se confinante nas novas funções.

Um dos objetivos do novo cargo assumido por João Marques é continuar a fazer crescer o negócio da Tétris em Portugal e em particular em Itália e Espanha, onde «existe ainda grande margem de progressão para a empresa. Temos um projeto claramente vencedor», considera.

«É com muito entusiasmo que assumo estas novas funções em tempos especialmente desafiantes como os que estamos a viver, em que com todas as mudanças causadas pela crise de saúde se torna cada vez mais imperativo repensar a forma como utilizamos e projetamos os espaços que diariamente utilizamos. E, por isso, este é também um momento propício para estimular a criatividade e desenvolver o talento e as novas oportunidades de negócio da Tétris a nível internacional», completa ainda.

Carlos Cardoso, Tétris
Carlos Cardoso, Tétris

Carlos Cardoso, anteriormente Head of Office da Tétris, passa a assumir as funções de Managing Director da empresa em Portugal, ficando responsável pela gestão de todo o negócio a nível nacional, e transitando das funções de Head of Office que desempenhava desde 2017.

O arquiteto estudou na Universidade Lusíada de Lisboa, e integrou a JLL em 2010, ingressando no então departamento de arquitetura, constituído por uma equipa de dois profissionais, e conta com uma vasta experiência e track-record na área da arquitetura e gestão de projetos e, em especial, na área de fit-out para escritórios e retalho. Assume a direção da área de negócio de arquitetura e construção da JLL com um pipeline promissor e antecipando um novo ano de crescimento para a Tétris.

O novo Managing Director da Tétris em Portugal comenta em comunicado que «é com muito orgulho que damos os parabéns ao João por este novo desafio, que acaba por ser também um reconhecimento do trabalho que tem vindo a desenvolver com a nossa equipa nestes últimos anos a partir de Portugal. Agora, como antes, o objetivo é elevar a fasquia da Tétris, promovendo o desenvolvimento das competências internas e a criatividade das nossas equipas para juntos, continuarmos a crescer graças à excelência do nosso trabalho».

Tétris fecha o ano com faturação de €50M

Estas mudanças na direção acontecem depois do fecho de um ano recorde para a Tétris em termos de faturação. O volume de negócios manteve o ritmo de crescimento a dois dígitos que a empresa regista desde 2014, apesar da pandemia, ascendendo aos 50 milhões de euros.

No ano passado, a empresa esteve envolvida em cerca de 110 obras ao longo do ano passado, trabalhando a uma média de 20 obras em simultâneo por semana, de diferentes dimensões e segmentos imobiliários.

Nos últimos seis anos, a empresa quintuplicou o volume de negócios, e expandiu a equipa de 20 para 70 pessoas.

Atualização às 14h03 de 4 de fevereiro