Arrendamento

Rendas ficam 3,3% mais caras em fevereiro

Ana Tavares |
Rendas ficam 3,3% mais caras em fevereiro

Segundo o Índice de Preços do Consumidor agora publicado pelo INE, todas as regiões do país registaram variações homólogas positivas das rendas de habitação, com Lisboa a registar o aumento mais intenso, de 4,1%.

Por outro lado, o valor médio das rendas registou uma variação mensal de 0,2%, menos 0,1% que no mês anterior. A variação mensal mais elevada foi registada também em Lisboa, com um aumento de 0,3%. As restantes regiões do continente registaram valores positivos, à exceção das regiões autónomas que registaram valores nulos de variação mensal.