Confidencial Imobiliário

Rendas descem em Lisboa pela primeira vez em 6 anos

Ana Tavares |
Rendas descem em Lisboa pela primeira vez em 6 anos

De acordo com o Índice de Rendas Residenciais da Confidencial Imobiliário, desde o final de 2017 que as rendas em Lisboa vêm perdendo ritmo, passando de uma subida homóloga em torno dos 19% para os 12% no final de 2018, e para 1,4% no final de 2019.

No primeiro trimestre deste ano, e face ao trimestre anterior, as rendas em Lisboa desceram 2,3%, invertendo a subida de 1,8% registada no último trimestre do ano passado, variações em cadeia que também já vinham desacelerando em 2019.

Estes resultados comparam com a subida trimestral de 2,9% registada a nível nacional, que mantém a trajetória de subida do último ano, sempre acima dos 2%. Em termos homólogos, a subida foi de 8,2%, um ligeiro abrandamento face ao padrão de 2018 e 2019, sempre acima dos 10%.

 

Porto regista alguma estabilidade

As rendas habitacionais do Porto mantiveram-se estáveis até março, com uma variação trimestral residual de 0,4%, uma travagem face à subida de 3,1% registada no trimestre anterior.

Na Invicta, as rendas também vêm evidenciando uma tendência de abrandamento desde o ano passado, face aos anos anteriores, mas mantendo um padrão de variações positivas.

Foi registada uma subida homóloga de 7,9%, mantendo-se o nível dos últimos três trimestres.