Mediação Imobiliária

Remax: aumenta o interesse dos compradores estrangeiros

Ana Tavares |
Remax: aumenta o interesse dos compradores estrangeiros

Segundo a rede, os clientes portugueses continuam a dominar este mercado, mas os estrangeiros têm vindo a aumentar o número de transações de compra, venda ou arrendamento de casas, superando já o valor médio alcançado no primeiro trimestre do ano, com um número médio de transações de 964 no terceiro trimestre e de 1.043 só em outubro.

Entre os estrangeiros, os clientes brasileiros foram os que mais investiram em Portugal nesse período, representando 30,9% dos imóveis da marca, seguidos pelos franceses, com 8,2%, o que equivale a um volume de negócios de 23,2% e 9,8%, respetivamente.

No período em análise, aumentou também a procura por parte dos compradores norte-americanos, com uma subida de 12,5% no volume de transações, face a igual período do ano passado. Esta nacionalidade entra agora para o top 10 com maior número de transações, e é a 8ª nacionalidade com maior volume de negócios gerado. A Remax acredita que este é um mercado que pode vir a aumentar a sua importância no futuro.

Beatriz Rubio, CEO da Remax Portugal, comenta que «mesmo com as limitações impostas pela pandemia, Portugal continua a ser um país atrativo para o mercado internacional e uma opção segura de investimento em imobiliário. Nestes últimos meses, tem sido crescente o interesse de clientes estrangeiros em comprar, vender ou arrendar casa em Portugal, facto que acreditamos se deve a aspetos como o clima mediterrânico, a boa gastronomia, a diversidade cultural, o acolhimento e a qualidade de vida. Tudo fatores que levam a que, cada vez mais, os investidores estrangeiros vejam o nosso país como uma aposta de confiança, uma aposta com futuro».