Hotelaria

Proveitos do turismo até setembro superaram totalidade do ano de 2020

Ana Tavares |
Proveitos do turismo até setembro superaram totalidade do ano de 2020

Os proveitos dos estabelecimentos de alojamento turístico já superam o valor registado na totalidade do ano de 2020, uma subida de 33% nos proveitos totais e de 35% nos proveitos de aposento, num total de 1.629 milhões de euros. São, ainda, descidas de mais de 50% face a igual período de 2019, antes da pandemia.

Só em setembro, os proveitos do alojamento turístico atingiram os 355,5 milhões de euros (proveitos totais) e os 268,6 milhões (proveitos de aposento). Face a setembro de 2019, a descida foi de cerca de 29%. O rendimento médio por quarto ocupado (ADR) atingiu 92,0 euros em setembro (116,2 euros em agosto). Em setembro de 2019, o RevPAR foi 66,3 euros e o ADR 97,2 euros.

Entre janeiro e setembro, registaram-se 11,1 milhões de hóspedes, responsáveis por 30,2 milhões de dormidas, subidas de 14,5% e 18,7% face a 2020.

No mês de setembro, o setor do alojamento turístico em Portugal recebeu um total de 2,1 milhões de hóspedes, e registou 5,6 milhões de dormidas, subidas de 52% e 58%, respetivamente, face a igual mês de 2020. Segundo o INE, os níveis atingidos foram ainda inferiores aos observados em setembro de 2019 em 29% e 27%, respetivamente.

No mês de setembro, o mercado interno contribuiu com 2,6 milhões de dormidas, e aumentou 27% face ao ano passado e também 16% face a setembro de 2019. Já as dormidas de não residentes duplicaram face a setembro de 2020 (101%), num total de 3 milhões de dormidas, -44% que em setembro de 2019.