Construção

Produção na construção desce 6,2% no 2º trimestre

Ana Tavares |
Produção na construção desce 6,2% no 2º trimestre

Os números agora divulgados pelo Eurostat mostram que junho já encerrou com uma subida da atividade de 3,1% face ao mês anterior.

Na comparação homóloga, a descida foi de 8,5% no total do trimestre e de 4,4% em junho, face a igual mês do ano passado.

Em junho, a produção na construção subiu 4% na zona euro, e 2,9% na União Europeia, face a maio. O Eurostat destaca que o mês de junho ficou marcado por «algum relaxamento nas medidas de confinamento devido à Covid-19 em vários Estados-membros».

A construção de edifícios subiu 4,5% na zona euro, e a componente de engenharia civil subiu 2,3%. Os aumentos foram de 3,2% e 1,8%, respetivamente, no conjunto dos países da UE.

França (12%), Hungria (6,1%) e Bulgária (4,7%) registaram as maiores subidas. A Eslovénia (-7,1%), a Suécia (-6,6%) e a Eslováquia (-4,9%) registaram as descidas mais significativas.

Na comparação homóloga, a produção na construção desceu 5,9% na zona euro e 5,8% na UE. A construção de edifícios desceu 6,6% na zona euro e 6,2% na UE, enquanto que a engenharia civil desceu 2,6% e 3,2%, respetivamente, face a junho de 2019.

Destaque para as descidas de 17,8% da Eslováquia, 15,7% da Hungria e 15,3% da Eslovénia. A Roménia, Alemanha, Finlândia e Holanda registaram subidas entre os 0,8% e os 6,9%.

No conjunto dos países da zona euro, a descida registada no segundo trimestre, face a igual período do ano passado, foi de 13,6%, e de 12% na União Europeia.