Habitação

Preços das casas sobem 3,4% desde o final de 2021

Ana Tavares |
Preços das casas sobem 3,4% desde o final de 2021
Photo by laura adai on Unsplash

Os preços de venda das casas em Portugal subiram 3,4% no acumulado de janeiro e fevereiro deste ano, em termos anuais.

De acordo com o Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário, apurado para fevereiro, este ritmo de subida dos preços supera o padrão pré-Covid. Nos primeiros dois meses de 2020, os preços acumulavam uma subida de 3% face ao final de 2019, e se recuarmos aos primeiros dois meses de 2019, a valorização acumulada era ainda menos expressiva, de 1,4%.

Segundo a Ci, esta evolução «resulta do ciclo robusto de variações em cadeia (superiores a 1%) que se sente no mercado desde outubro passado, e que foi especialmente vincado no arranque de 2022». De notar que em janeiro os preços aumentaram 1,9% em termos mensais, com um novo aumento mensal de 1,5% em fevereiro.

Em resultado desta evolução dos preços a curto-prazo, a valorização homóloga ganhou força, com os preços da habitação a registar uma subida de 15,1% em fevereiro, face a igual mês de 2021, uma taxa de variação homóloga quase 3% acima da observada no final de 2021, de 12,1%.

Em fevereiro, o preço médio de venda das casas em Portugal Continental fixava-se nos 1.963 euros/metro quadrado. O valor médio por fogo vendido era de 209.259 euros, mostram os dados mais recentes do SIR-Sistema de Informação Residencial.