Habitação

Preços das casas aumentaram 21% em agosto

Felipe Ribeiro |
Preços das casas aumentaram 21% em agosto

Os preços de venda da habitação em Portugal acumulam em agosto um aumento homólogo de 21,1%, tratando-se de um nível de valorização inédito no mercado nacional no âmbito da atual série do Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário.

Os preços residenciais aumentam 1% por mês, desde o início do ano, sendo que em maio e julho atingiu variações mensais de 2,5%. E, o mês de agosto, consolidou a trajetória de forte valorização mensal, com um aumento de 1,7% face a julho. A CI avança que, em termos nacionais, o anterior pico de valorização rondou os 17,5% e ocorreu imediatamente antes de surgir a pandemia.

De acordo com os dados, as periferias das Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto e outras cidades mais pequenas do país, verificaram os aumentos mais acentuados no período em análise. Mercados com níveis de preços mais consolidados têm vindo a apresentar subidas mais contidas, como é o caso da cidade de Lisboa, que assinalou uma subida homóloga de 10,6% no segundo trimestre do ano, um abrandamento face aos 13,5% registados no trimestre anterior.

Em agosto, o preço médio da venda das casas em Portugal, considerando um período acumulado de três meses, atingiu 2025€/m², mantendo-se no patamar superior aos 2.000€/m² que tinha sido atingido no 4º trimestre de 2021, conforme os dados do SIR-Sistema de Informação Residencial.