Logística

Nave logística em Palmela tem 7.000 m² disponíveis para arrendamento

Felipe Ribeiro |
Nave logística em Palmela tem 7.000 m² disponíveis para arrendamento

A JLL e a Savills estão a comercializar uma nave logística no eixo de Palmela, com 7.000 m². O imóvel está integrado num complexo constituído por uma área total de 9.300 m², dos quais 7.000 m² se encontram agora disponíveis para arrendamento. O ativo situa-se junto às instalações da Coca Cola e a menos de 10 minutos de distância do acesso à A2 e ao complexo da Auto-Europa.

Sob comercialização, encontram-se três naves contíguas, com um pé direito de 9,8 metros. Os edifícios são servidos por seis portões de cargas, dois parques de estacionamento para ligeiros, com 55 lugares para clientes, 46 lugares reservados a colaboradores e 5 lugares para mobilidade condicionada, e de um parque para pesados. O ativo tem uma potência instalada disponível de 257.918 kWh, podendo ser ampliada até aos 800 kVA.

O espaço está, neste momento, a ser alvo de uma intervenção de reabilitação, sendo que apenas ficará disponível para ocupação a partir de agosto.

«O eixo Palmela-Setúbal é hoje um dos mais ativos do mercado logístico português. É uma zona que desperta um forte interesse entre a procura, sendo a área mais ativa em termos de absorção de espaços no 1º trimestre de 2022. Acolheu inclusive uma das maiores operações concluídas no mercado português, com a tomada de uma área de 40.000 m² por uma nova empresa em transações de logística no nosso país, como revela o último Market Pulse da JLL», refere Mariana Rosa, Head of Leasing Markets Advisory da JLL.

Pedro Figueiras, Associate Director Agency Industrial – Logistics, destaca que «o momento de chegada ao mercado deste ativo não podia ser melhor, dada a cada vez mais relevante tendência de nearshoring de indústria onde, de acordo com o estudo Savills Impacts, Portugal é o segundo país mais atrativo a nível global para investimento de relocalização das operações industriais».