Arrendamento

MatosinhosHabit apoiou 700 famílias no arrendamento em 2020

Ana Tavares |
MatosinhosHabit apoiou 700 famílias no arrendamento em 2020
Conjunto Habitacional Seixo I, São Mamede de Infesta_MatosinhosHabit

Em 2020, um total de 700 agregados familiares do concelho de Matosinhos foram integrados no Plano Municipal de Apoio ao Arrendamento, através da MatosinhosHabit, um programa que tem como objetivo responder aos problemas habitacionais destas famílias e apoia-las no arrendamento.

No âmbito das candidaturas ativas em 2020, a MatosinhosHabit disponibilizou para este programa uma verba de 891.665 euros, que deverá aumentar para 1,25 milhões de euros em 2021, esgotando este plafond e aumentando, por isso, o número de candidaturas ativas. O investimento de apoio aos munícipes no âmbito do PMAA é de cerca de 102,15 euros mensais, em média.

Tiago Maia, administrador da MatosinhosHabit, comenta que «a promoção de habitação digna no nosso concelho é um dos principais objetivos da MatosinhosHabit e, nesse sentido, o que pretendemos é disponibilizar à população local as melhores soluções para que todos possam ter o conforto e a segurança de uma casa».

O responsável completa que «o Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento é uma forma de colmatar as dificuldades que as famílias do nosso concelho têm em arrendar habitação. É por isso com enorme satisfação que constatamos que o PMAA já abrange, neste momento, 700 candidaturas ativas que correspondem ao número de agregados que usufruem deste apoio».

Criado em 2009, o PMAA surgiu para apoiar os munícipes com dificuldades no pagamento da sua renda, no mercado privado. Desde então, já foram apoiadas mais de 2.500 famílias, num investimento global camarário de 7,5 milhões de euros.