Crédito

Euribor a 12 meses sobe para os 0,005%

Felipe Ribeiro |
Euribor a 12 meses sobe para os 0,005%

A taxa Euribor, no prazo de 12 meses, subiu hoje fixando-se em 0,005%, algo que não acontecia desde 5 de fevereiro 2016. Além disso, tem mais 0,035 pontos do que na segunda-feira, contra o atual mínimo de sempre, de -0,518%, registado a 20 de dezembro de 2021.

A taxa mais utilizada nos créditos à habitação em Portugal, a taxa Euribor a seis meses, de igual forma, avançou esta terça-feira para -0,320%, mais 0,014 pontos do que o percentual verificado na segunda-feira, sendo um novo máximo desde agosto de 2020, contra o mínimo de sempre, de -0,554%, observado a 20 de dezembro de 2021.

Semelhantemente, a três meses, a Euribor avançou para -0,433%, mais 0,002 pontos e um novo máximo desde agosto de 2020, contra o mínimo de sempre, de -0,605%, apurado a 14 de dezembro de 2021.

É algo bem patente, desde o início da invasão da Ucrânia pela Rússia, a 24 de fevereiro, as Euribor encontram-se algo inconstantes, todavia sob pressão por conta do conflito armado, logo após terem começado a subir mais significativamente desde 4 de fevereiro, por conta de o Banco Central Europeu ter reconhecido que poderiam vir a subir as taxas de juro diretoras este ano, por vias da subida da inflação na zona euro.

É importante ressaltar que, a evolução das taxas de juro Euribor, está intimamente associada às subidas ou descidas que ocorrem nas taxas de juro diretoras do BCE.

As Euribor são determinadas mediante a média das taxas que um conjunto de 57 bancos da Zona Euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.