Turismo

Dormidas de residentes crescem no Algarve, Alentejo e Centro

Ana Tavares |
Dormidas de residentes crescem no Algarve, Alentejo e Centro

É o caso do Alentejo, que registou um aumento do número de dormidas de residentes de 4% face a agosto de 2019, região que continuou a apresentar a menor diminuição das dormidas em comparação com o ano passado. As dormidas do mercado nacional também subiram 9% no Algarve, 4% no Alentejo e 1,1% no Centro.

De acordo com a estimativa rápida do INE apresentada esta quinta-feira, o setor do alojamento turístico terá registado 1,9 milhões de hóspedes e 5,1 milhões de dormidas no mês de agosto, variações de -43,2% e -47,2%, respetivamente. São melhorias face às quebras de 64% e 68% registadas em julho, pela mesma ordem.

Por outro lado, as dormidas de residentes terão descido 2,4%, e as de não residentes 72% (melhorias face aos -30,8% e -84,5% de julho, respetivamente).

Segundo os mesmos dados, em agosto 21% dos estabelecimentos de alojamento turísticos terão estado encerrados ou não registaram movimento de hóspedes (27,8% em julho).