Escritórios

CML aprova PIP para nova sede da Fidelidade em Entrecampos

Ana Tavares |
CML aprova PIP para nova sede da Fidelidade em Entrecampos

Foi aprovada esta quinta-feira a emissão de um Pedido de Informação Prévia favorável relativo à viabilidade da construção da nova sede da seguradora Fidelidade em Entrecampos.

De acordo com a Lusa, a proposta assinada pelo vereador do Urbanismo, Ricardo Veludo, votada em reunião privada do executivo, passou com os votos a favor do PS e PSD, com a abstenção do CDS-PP, e com os votos contra do PCP e do BE.

Em dezembro de 2018, a autarquia vendeu à Fidelidade Property S.A. uma parcela de terreno em Entrecampos, no âmbito da hasta pública da Operação Integrada de Entrecampos. A seguradora comprou todos os terrenos desta hasta pública e também uma parcela contígua, na Avenida Álvaro Pais, por um valor global de cerca de 274 milhões de euros.

É nesta parcela (35,4 milhões de euros) que deverá construir a sua nova sede, um novo edifício com 41.000 metros quadrados, distribuídos por 13 pisos, 8 dos quais acima do solo, dois semienterrados e três em cave para estacionamento e áreas técnicas.

De acordo com a agência, citada pelo Observador, a CML consultou várias entidades externas que deram pareceres favoráveis ou condicionados (Ministério da Defesa Nacional (MDN), da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo, da Infraestruturas de Portugal e do Departamento de Gestão de Mobilidade) à construção deste edifício, assim como as direções municipais de Higiene Urbana, Gestão de Mobilidade e Gestão Patrimonial.

A Fidelidade terá agora de cumprir os pareceres favoráveis condicionados destas entidades e apresentar o Plano de Acessibilidades, validando a solução prevista para a gestão do tratamento de resíduos sólidos pela direção municipal de Higiene Urbana.