Logística

CBRE orienta venda de ativos industriais na Maia

Felipe Ribeiro |
CBRE orienta venda de ativos industriais na Maia
Lote 8

A venda de dois ativos industriais no Polo Efacec, na zona industrial da Maia, encontra-se a ser instruída pela CBRE, que atua em nome do proprietário que detém o lote 2 e o lote 8, os dois ativos em questão.

O primeiro mencionado, o lote 2, alberga um terreno com 18.150 metros quadrados, com uma área bruta de construção de 12.164 metros quadrados num edifício independente com logradouro.

Lote 2
Lote 2

Já o segundo, lote 8, tem um terreno de 7.926 metros quadrados e uma área bruta de construção de 3.261 metros quadrados, também num edifício independente com logradouro, com pé direito entre 8 e 21 metros de altura.

De salientar a boa localização de ponto de vista logístico que a zona industrial apresenta. Este polo é ainda considerado um condomínio industrial de eleição, tornando-o ainda mais atrativo na perspetiva de investimento e estabelecimento de negócios para várias empresas.

Michael Costa Gabriel, Consultant Industrial & Logistics – Advisor & Transaction Services da CBRE Portugal, frisa que «esta é mais uma importante operação para a equipa de Industrial e Logística da CBRE, que tem agora a oportunidade de ser a responsável pela venda destes dois ativos com bastante potencial de investimento. Estes têm ainda a vantagem estratégica de speed to market, dispensando os potenciais compradores de encargos com os preços de construção, processos de licenciamento lentos, escassez de terrenos industriais, entre outras burocracias associadas aos projetos especulativos e BTS (Build to Suit)».