Porto

Bondstone avança com dois novos projetos de €50M

Ana Tavares |
Bondstone avança com dois novos projetos de €50M

Foto: Greenstone, Nevogilde

De acordo com a Property Magazine, a promotora detém os dois projetos. Um deles, com orçamento de 35 milhões de euros, situa-se em Nevogilde, no Porto. O Greenstone será desenvolvido em joint venture com o Grupo Violas Ferreira. Dará origem a 36 vivendas de luxo na zona da Foz.

Em Cascais, está a desenvolver um investimento de 15 milhões de euros em 15 apartamentos de luxo, neste caso sem parceiros envolvidos.

Paulo Loureiro, CEO da Bondstone, comenta em comunicado: «estamos muito entusiasmados em desenvolver estes projetos residenciais premium e com arquitetura distinta no Porto e em Cascais, duas cidades com fortes fundamentais de mercado, procura robusta e pouca oferta de nova habitação».

O responsável explica que os dois projetos terão áreas exteriores generosas, incluindo jardins, varandas ou terraços e piscinas comuns, o tipo de propriedade que tem vindo a ser mais procurada em tempo de pandemia: «ambos seguem as tendências atuais e as transformações comportamentais que advêm da pandemia e dos confinamentos», garante.

Os dois projetos já estão licenciados, e a Bondstone espera arrancar as obras logo no primeiro trimestre do próximo ano, com conclusão prevista para 2023.

A promotora acredita que a procura por nova habitação no país vai manter-se nos próximos tempos, e planeia um investimento de 400 milhões de euros no mercado português (cerca de 200 milhões a seu cargo), que será feitro através de outras parcerias semelhantes à que tem com o Grupo Vilas Ferreira. Investimentos value-add ou mais “oportunísticos” estão na mira, incluindo reposicionamento de ativos, reabilitação urbana ou promoção.

De recordar que a Bondstone adquiriu ainda este ano a Louvre Capital, empresa que era também liderada por Paulo Loureiro.