Habitação

Avaliação bancária volta a subir em abril

Ana Tavares |
Avaliação bancária volta a subir em abril

O INE destaca que «não obstante as circunstâncias excecionais, o número de avaliações bancárias reportado ascendeu a cerca de 22 mil, ligeiramente inferior (-2%) ao reportado no mesmo mês do ano anterior», e menos 12% que em março.  

Em abril, a maior subida regional face ao mês anterior registou-se nos Açores, com uma subida de 3,2%, e a maior descida, de apenas 0,2%, foi registada no Alentejo.

Já na comparação homóloga, a maior variação foi registada na Área Metropolitana de Lisboa, onde o valor mediano de avaliação bancária subiu 11% face a abril de 2019. Todas as regiões registaram um aumento deste valor face ao ano anterior.

No mês em análise, o valor mediano de avaliação dos apartamentos foi de 1.210 euros/m², mais 10,3% que em 2019. O valor mais elevado foi registado na Área Metropolitana de Lisboa, atingindo os 1.490 euros/m², numa subida homóloga de 11,9%, a mais expressiva do país.

Já as moradias registaram um valor mediano de avaliação de 939 euros/m² em abril, mais 6,7% que no ano passado. Os valores mais elevados registaram-se no Algarve, com 1.602 euros/m² e na AML, com 1.462 euros/m².