António Costa quer “aumentar a intensidade do turismo”

Ana Tavares |
António Costa quer “aumentar a intensidade do turismo”

 

O primeiro ministro falava na abertura da Cimeira do Turismo, em Lisboa, por ocasião do Dia Mundial do Turismo, e afirmou que «ao contrário da ideia de que há turistas a mais, quero dizer que não há turistas a mais em Portugal. Pelo contrário, temos de aumentar a intensidade do turismo em Portugal». E considera que o país está ainda «aquém» daquilo a que pode chegar: «O turismo vale 10% do PIB da União Europeia e, em Portugal, ainda só vale 8%. Temos de, pelo menos, atingir a média europeia».

Além disso, considera que o turismo não é o responsável pela crise na habitação. A solução passa, não por conter o turismo, mas sim por criar mais oferta a preços acessíveis: «tenho muita esperança que a Assembleia da República aprove a proposta do Governo relativa ao arrendamento acessível, que permite reduzir significativamente a taxa liberatória para quem tenha contratos com alguma estabilidade. Não será suficiente a oferta do Estado e dos municípios para responder a esta necessidade de habitação a preços acessíveis. É, por isso, absolutamente essencial que isto seja aprovado o mais rapidamente possível».

Sobre o novo aeroporto, apela a que se corrija «o erro de há dez anos de não se fazer um novo aeroporto. A opção é, mantendo a Portela, crescermos com um novo aeroporto no Montijo. Muito brevemente, estaremos a concluir as negociações com a ANA», cita o Eco.