Hotelaria

Alojamento turístico regista 2,7M de hóspedes e 7,2M de dormidas em junho

Felipe Ribeiro |
Alojamento turístico regista 2,7M de hóspedes e 7,2M de dormidas em junho

A atividade turística no mês de junho, em Portugal, registou 2,7 milhões de hóspedes, responsáveis por cerca de 7,2 milhões de dormidas, conferindo assim um aumento de precisamente 97,3%% e 110,2%%, respetivamente, face a igual mês do ano passado, anunciou esta sexta-feira o INE.

Face a junho de 2019, verificaram-se reduções de 2,6% e 0,4%, respetivamente. No que toca ao mercado interno, houve uma contribuição de 2,3 milhões de dormidas, enquanto o mercado externo totalizou um valor de 4,8 milhões de dormidas, mais 241,8%. Face a junho de 2019, o mercado interno cresceu 7% e os mercados externos diminuíram 3,5%.

As dormidas aumentaram 252,4% (+84,1% nos residentes e +529,5% nos não residentes). Comparativamente ao mesmo período de 2019, as dormidas decresceram 7,0%, como consequência da diminuição das dormidas de não residentes (-11,9%), dado que as de residentes cresceram 5,2%. No primeiro semestre de 2022, as dormidas aumentaram 209,9% (-0,2% face ao 2ºT 2019). As dormidas de residentes aumentaram 55,6% (+9,9% em relação ao 2ºT 2019) e as de não residentes cresceram 450,1% (-4,1% comparando com o 2ºT 2019).

No sexto mês do ano, 15,7% dos estabelecimentos de alojamento turístico estiveram encerrados ou não registaram movimento de hóspedes (28,4% em junho de 2021).