Almada lança concurso para 212 casas acessíveis

Ana Tavares |
Almada lança concurso para 212 casas acessíveis

A informação foi dada pelo IHRU esta quinta-feira. Estes projetos resultam de um protocolo de cooperação assinado entre o IHRU e a câmara de Almada a 19 de julho do ano passado, que prevê um investimento inicial superior a 20 milhões de euros.

De acordo com o Económico, nesta primeira fase incluem-se três empreendimentos, entre os quais o conjunto habitacional da Quinta de Alfazina, com uma dimensão de 14.776 m², que prevê a construção de 10 edifícios com 3 e 4 pisos, num total de 156 fogos e área bruta de construção de habitação de 15.080 m². O projeto representa um investimento de cerca de 14 milhões de euros.

Por outro lado, o projeto da Quinta do Olho de Vidro, com 3.560 m², prevê a construção de 28 fogos, num total de 2.530 m² de área bruta de construção. O investimento deverá rondar os 2,5 milhões de euros.

Já o projeto habitacional da rua de Alcainça terá uma área de intervenção de 1.504 m², incluindo a construção de 3 edifícios com 4 a 5 pisos, num conjunto de 28 fogos e área bruta de construção de habitação de 2.794 m², num investimento estimado de 2,75 milhões de euros.

Estes concursos públicos serão disponibilizados na plataforma AnoGov e podem ser consultados no site do IHRU.